Para terminar o dia

 

Templo1

De um lado, o mítico Rio Mekong. Do outro, o Rio Khan. No meio, uma vila tranquila de ares franceses cercada de mata, montanhas e cachoeiras. Luang Prabang tem apenas uma rua principal, duas beira-rios, dezenas de templos e pouco mais de 30 mil habitantes. Tem lojas de design e hotéis boutique, mas se encontra mesmo é no mercado de rua noturno. E anda no ritmo das bicicletas, que invadem as suas ruas do nascer ao pôr do sol.

Oracaomonges2

Fazia um fim de tarde dourado quando passamos pela Rua Wisunarat e paramos enfeitiçados por uma música que vinha de um canto qualquer. Fomos descobrir um grupos de monges jovens cantando ao lado do templo mais antigo da cidade, coroado por uma estupa em forma de flor de lótus de 1503.

Sombrinhas3

Luang Prabang anoitece em paz todos os dias. (Rachel)

Cachoeira4

Anúncios

~ por amnasianow em julho 2, 2009.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: