Buzina que eu gosto

fotobuzina

Motorista indiano só põe o pé no freio na eminência de cair em um buraco. O que, na escala de preocupação deles, deve ser muito mais grave do que dar de cara com um caminhão no meio de uma curva. Um carro na frente – ou uma vaca, um camelo, um rickshaw – não é motivo para reduzir, mas sim para ultrapassar (independente de ser numa curva, numa subida, numa lombada). Num dos livros que eu li antes da viagem (e que agora já não sei mais qual 🙂 ), um taxista explicava para um estrangeiro que dirigir na Índia não é uma questão de habilidade, é uma questão de reflexo. Para eles basta, antes, durante e depois, meter a mão escandalosamente na buzina – a coisa é tão institucionalizada que os caminhões saem de fábrica com o pedido na traseira: “horn, please!”. E todo mundo obedece. 🙂 (Rachel)

Anúncios

~ por amnasianow em novembro 25, 2008.

9 Respostas to “Buzina que eu gosto”

  1. Desculpa a ignorância, mas esse pessoal com cara pintada nas fotos e cheios de piercings, era alguma festa ou eles estão sempre assim?
    Quanto ao pessoal nunca se exaltar e ser super aberto, parece um país que conheço aqui na Europa, alí ao lado da Espanha.
    Um abraço e saudades de vocês.

  2. Will, vc ve gente assim o tempo todo. Essas fotos especificamente foram durante a Feira de Pushkar, que reuniu todos os malucos num mesmo lugar, mas eles estao por ai o tempo todo, araraa.

    Nossa, os taxistas sao iguazinhos! 🙂

  3. Quel,e como vc ta fazendo com seu “trauma” de carros?????Vc mooooorre de medo…deve ficar branca a cada entrada nos taxis!
    Quanto à buzinação,acho que devemos exportar o tio Ronaldo prai,pois ia se dar suuuper bem!!!!beijos pra vcs dois

  4. Rachels, eu fiquei horrorizada com a buzina… a estradinha que vai para Rishikesh é super estreita, à beira de um penhasco, e os caras fazem isto mesmo. Buzinam e ultrapassam. Várias vezes eu fechei os olhos achando que era o fim! Dizem que este é o típico fora do ‘first-time-in-India’… Mas mudando de assunto, hoje a gente estava falando de Mumbai, e ai?! Mudança de planos né?! Que horror, tô passada aqui, o restaurante Leopold é o mais tradicional de Colaba, justamente onde TODO MUNDO que tem lonely planet vai. Colaba é o lonely planet. Bom, vamos nos falando, beijos, Mari

  5. Mae, estou incrivelmente zen no quesito carros, arararara. beijos!

  6. Maris, a buzina e’ um horror, ne? Mas ja acostumei, amiga, arara. Por enquanto decidimos nao mudar os planos nao – ate porque nosso voo e’ de Mumbai para Bangkok, acredita? arararara. Mas e’ so em fevereiro. Por ora, de India, so nos resta Varanasi e Agra, no norte. Mas a verdade e’ que ficamos super tristes, preocupados e com um medinho… A India perdeu um pouco a graca. Na semana que vem vamos para o Nepal e ate la a poeira deve baixar. Na sequencia, 20 dias nas Ilhas Andaman, que nem conta como India, ne? Mil quilometros de distancia, no meio do nada… E depois vamos pro Sri Lanka. So no fim de janeiro e’ que fariamos o sul da India, e essa parte estamos cogitando cancelar sim, se for o caso. Vamos ver… Super beijo!

  7. o povo da ih é meio loco ou é impressao miha??
    hsuhsuhsuashuahsuahsuashahsaush
    bj

  8. :p

  9. Rachel, não acredito que esses motoristas consigam correr mais do q aquele nosso amigo de Portugal!rsrsrsrs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: